As vacinas essenciais dos gatos

Os gatos, assim como os humanos e qualquer outro animal doméstico, precisam ser vacinados. Há na carteirinha do pet, desde o nascimento até o primeiro ano de vida, aproximadamente, todas as vacinas obrigatórias que os bichanos precisam tomar. É necessário ficar atento aos prazos para que o seu pet fique sempre protegido e sem riscos de contrair doenças.

Os felinos precisam da V4 (vacina polivalente), que é essencial para protegê-los de doenças como Panleucopenia – doença que afeta células brancas e vermelhas e é transmitida através de contato direto e indireto com animais infectados. Filhotes com até seis meses de idade são os que correm mais risco de contrair a doença, sendo diarreia, desidratação, falta de apetite, febre e vômito os principais sintomas –, Rinotraqueíte – infecção respiratória que afeta principalmente gatos filhotes, estressados e mal nutridos.

Os sintomas dessa doença incluem corrimento do nariz e do olho, tosse, espirro, perda de olfato, febre, conjuntivite e falta de apetite, e esta é transmitida por contato direto com animais contaminados –, Calicivirose – infecção respiratória que pode afetar o pulmão, a passagem nasal, a boca e os intestinos do gato. Filhotes de gatos com mais de dois meses de idade são os que correm mais risco. Sintomas da doença incluem falta de apetite, corrimento nasal e nos olhos, feridas (boca, nariz e patas), dificuldade para respirar, cansaço, febre, dores musculares e sangramento – e Clamidiose – doença provocada pela bactéria Clamidia Psittaci, que afeta a região pulmonar e ocular, provocando conjutivites severas e alterações pulmonares. Febres, espirros, tosses e conjutivite (apenas em um olho) são os principais sintomas.

A raiva também é uma doença que deve ser imunizada nos gatinhos por meio da vacina, prevenindo-o contra esse terrível mal. Assim como nos cães, as vacinas fundamentais para os felinos também têm períodos e intervalos específicos, exigindo que um profissional veterinário de confiança se encarregue da aplicação.

Fonte: Jornal do Povo

A Belinha – Gateiras do Brasil, apoia diversas protetoras independentes pelo País, e busca ajudar e informar todas as GATEIRAS DO BRASIL

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s