O frio chegou, veja como proteger o seu gato

A temperatura está muito baixa e o frio chegou. Se você vive em um lugar com fortes alterações ou ciclos de chuva e seca, é importante manter o seu animal de estimação protegido. Entre outras peculiaridades, os gatos são particularmente sensíveis ao frio, de modo que você poderá notar algumas mudanças no comportamento, que te ajudarão a se preparar para as estações frias. Quer ajudar o seu gato a ficar melhor? Confira seis instruções para proteger o seu gato do frio.

1. Uma das primeiras coisas que deve considerar são as condições específicas do seu animal. Se o seu gato estiver normalmente em casa, precisará de menos atenção para protegê-lo das temperaturas baixas. Se for um gato com acesso livre ao exterior ou se foi adotado quando morava na rua, terá que ter certas precauções. Se o seu gato for prematuro ou filhote, seu sistema imunológico não estará desenvolvido e será mais vulnerável a desenvolver doenças relacionadas com as mudanças de temperatura. No caso dos gatos prematuros, precisará de mais calorias em sua dieta para permanecer quente, terá que usar fontes de calor externas e inclusive alguma manta para proteger o seu corpo.

2. Quando seu felino tiver mais de sete anos, seu sistema imunológico começará a ficar mais fraco. Nesta altura eles ficam mais propensos a adoecer e a sua capacidade para suportar o frio diminui. Se seu animal tiver o pelo curto, como os siameses, ou inclusive não tiver pelo como no caso do sphynx, terá que ter uma precaução especial para o proteger do frio. Deverá proporcionar uma dieta com bastantes calorias e ter sempre à mão fontes de calor para aquecê-lo nas épocas mais frias do ano. Se o seu gato tiver o pelo curto, não deixe que saia à rua quando estiver frio e, assim, evitará que desenvolva alguma doença respiratória.

Outro caso que requer cuidados especiais pelo frio é se o seu gato estiver doente, pois suas defesas estarão debilitadas e será mais suscetível às mudanças de temperatura. Deverá prestar especial atenção aos problemas de artrose, porque o frio piora a dor das articulações. E também terá que ser cauteloso e cuidar do seu gato com esmero se tiver problemas nos rins como insuficiência renal, respiratória ou cardíaca, já que poderia piorar.

3. O pelo do seu gato é sua principal defesa contra o frio. Por isso um dos cuidados básicos será manter o seu pelo saudável nas épocas mais frias. Por norma, como preparação nesta época do ano, seu gato passará por um processo estacional de renovação do pelo, que ficará bem mais grosso e espesso e cairá quando começarem as estações mais quentes. Habitue o seu gato à escovação diária como rotina de beleza e saúde do animal e isso não será nenhum problema. Deverá insistir se o seu gato tiver o pelo grosso e comprido, para evitar que embarace, que caia nos olhos ou inclusive que fique com dermatite. Também deve cuidar da sua pele porque se não estiver saudável, não terá as condições propícias para a muda de pelo.

4. Outro dos cuidados fundamentais para que seu gato suporte melhor o frio é prestar atenção à sua alimentação. Isso dependerá de certas condições do seu parceiro peludo. Se o seu felino não sair de casa, tiver um bom pelo e estiver saudável, não fará falta que mude a sua dieta durante a temporada mais fria do ano. Caso contrário, terá que complementar sua alimentação com comida mais gordurosa e calórica, assim estará protegendo seu gato do frio. Mas lembre-se que os gatos reduzem a sua atividade física para manter a carga calórica elevada, por isso não o alimente em excesso porque poderia acabar engordando demais. Alguns veterinários recomendam inclusive que os gatos tomem vitaminas para fortalecer as suas defesas, mas nunca faça isso por sua conta. Deve consultar o seu especialista de confiança para obter assessoria a este respeito.

5. Por último e muito importante: use fontes de calor externas. Elas são imprescindíveis para ajudar o seu animal a suportar melhor o frio. Isso será de ajuda especial principalmente à noite. Se o seu gato costuma dormir perto do chão, tente elevar a sua zona de descanso para que esteja afastada da umidade e do frio. Se ele preferir ficar perto do chão, isole a sua cama colocando papelão ou papel embaixo. Tente ter mantas térmicas e inclusive alguma bolsa de água quente em vários pontos da casa onde seu animal passe mais tempo descansando. De vez em quando preste atenção à temperatura porque também não deve exagerar com o calor, que pode ser tão prejudicial como o frio.

6. Se o seu felino for muito sensível ao frio e não sair de casa, pode colocar nele alguma roupa elástica, suave e cômoda para que esteja o tempo todo bem protegido. No caso de sair de casa, não coloque nenhuma roupa que possa se enrolar em árvores ou grades, porque poderia ser um risco e ficar preso. Um aspecto que deve ter sempre em consideração é não deixar portas nem janelas abertas, para que não tenha nenhuma corrente de ar perigosa. Estas são recomendações que serão positivas para o seu animal, mas não se preocupe porque os gatos são muito inteligentes e sabem perfeitamente como se isolar do frio.

E você está preparado para enfrentar o frio? Na Belinha – Gateiras do Brasil você encontra roupas, edredons, meias e muito mais para se proteger. E o que é melhor, vai encontrar diversas estampas lindas de GATOS, só clicar e conferir.

Fonte: UmComo

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s