Como organizar a casa para receber um gato?

Gatos são animais delicados, sensíveis e independentes. Precisam ter um espaço seguro para suas principais atividades: comer, brincar, dormir e fazer as necessidades fisiológicas.

Antes de qualquer coisa devemos ter consciência de que gatos não têm a mesma necessidade de ir à rua como os cães e, hoje em dia, é um risco deixá-los ter acesso ao mundo lá fora, pois podem sofrer um acidente ou até mesmo serem envenenados.

PASSO A PASSO
O primeiro passo para deixar a casa em ordem para o pet, é colocar tela de proteção nas janelas e em outros acessos à rua. É fundamental manter o animal protegido, uma vez que ele pode não ter noção do perigo de algumas atitudes.

1. Local da alimentação: pode ser a cozinha, a sala de jantar ou área de serviço, desde que as vasilhas da ração sejam higienizadas com frequência e os restos do alimento descartados após cada refeição. Lembre-se que gatos precisam se alimentar muito mais vezes que cães, então, se for deixá-lo sozinho por longos períodos mantenha a vasilha cheia e de preferência com ração fresca. Gatos amam água limpa e corrente, uma fonte pode ser uma boa opção e, na ausência dela, uma bacia grande com água fresca.

2. Caixa de areia: pode ficar na área de serviço desde que longe do local onde ele se alimenta. Por serem muito higiênicos, os gatos não se sentem à vontade para fazer suas necessidades próximo do local que comem. Os felinos são muito limpos, portanto, atenção para a manutenção da caixa de areia. Deixe-a num local arejado, pois precisam de privacidade e silêncio, barulhos costumam deixá-los nervosos. Cada bichinho tem uma preferência pelo tipo de areia, e apesar dos estudos indicarem que a maioria prefere granulado fino e macio, fique atento ao tipo de substrato que seu bichano prefere, para evitar que ele vá a outros lugares se aliviar.

3. Onde seu gato vai dormir: prepare um cômodo onde ele fique tranquilo e possa estar sozinho. Claro que esse tem que ser um local onde o gato se sinta seguro e frequente bastante. Pode ser um quarto extra ou até mesmo a sala. Deixe a cama fofinha e quentinha, eles gostam de conforto e tranquilidade para a soneca.

4. Prateleiras para explorar: gatos adoram observar o ambiente de cima. Instalar algumas prateleiras pela casa pode ajudar bastante seu bichinho a manter esse comportamento natural deles.

5. Caixa de transporte: é importante acostumá-lo com a caixa de transporte para suas idas ao veterinário. Deixe a caixa aberta e incentive o animal a entrar nela, oferecendo sachê para ele comer lá dentro. Coloque também um cobertor ou manta dentro para que fique fofinha e confortável. Isso miniminiza muito o estresse causado pelas visitas ao veterinário.

6. Brincadeiras e brinquedos ideais: o arranhador é um item básico na lista de brinquedos de gatos e deve ficar em um local onde seu bichano frequente bastante. Gatos adoram caçar brinquedos que instigam seu instinto, como bolinhas, ratinhos e varinhas de pescar com coisas penduradas, que garantem muita diversão ao bichano. As famosas caixas de papelão também são muito legais.

Se tiver alguma dúvida, consulte um profissional em comportamento animal. Alguns cuidados são necessários, mas saber que seu bichinho se sentirá confiante e feliz é a nossa melhor recompensa.

Fonte: Jornal SP Norte

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s