Conheça a história do Panda: do interior para São Paulo

Prazer, sou o Panda. Eu era vizinho da Belinha e morava em uma casa em construção em Mirandópolis, interior de São Paulo. Tinha dia que era tranquilo ficar no meu barraco, mas as vezes confesso que não era nada fácil correr de cachorro e conseguir uma comida para dormir sossegado.

A minha vida mudou quando a Belinha começou a ouvir o meu miado. Eu sempre fui escandaloso, preciso concordar, sempre miei alto e diferente. Um dia ela estava saindo de casa e me escutou, começou a me chamar. Pra ser sincero tive medo, pois não conhecia direito. Então um dia deixei ela fazer carinho e no outro já fui comer ração que deixava no portão.

Eu ainda estava sem confiança de entrar, mas ela era tão carinhosa e atenciosa comigo que entrei na casa da Belinha (dia 29 de abril). Dormi lá alguns dias e gostava, pois comia bem e brincava com meus amigos. A casa dela é bem legal. Comecei a morar lá, daí ela me levou no veterinário, fiz exame, fui castrado (eu entendo que não posso fazer filhos por aí) e vermifugado. Fiquei zero bala!!!!

Ela me explicava que eu precisava de um lar definitivo, pois na casa dela era temporário. Foi quando apareceu a Laiz, lá de São Paulo, cidade grande, fiquei muito feliz que iria ganhar um novo lar. Montei no carro com meu tio e viajamos com outros irmãozinhos que também estavam indo pra São Paulo. Hoje moro junto com dois irmãozinhos que me receberam super bem (cheguei em SP no dia 24 de junho). Estou feliz demais com a minha casa – meus pais e meus irmãos.

Obrigado Belinha. Obrigado Lais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *